Ônibus voltam a circular após dia de violência e medo em Macaé

Os ônibus voltaram a circular na manhã desta quarta-feira (10) em Macaé, após cinco coletivos serem incendiados em um dia de violência na cidade. Nesta terça-feira (9), um cabo da PM foi morto e suspeitos foram baleados durante o enfrentamento com a polícia no bairro Lagomar.
Segundo o comando do 32º Batalhão de Polícia Militar de Macaé, a cidade recebeu reforços dos batalhões de Campos, Itaperuna e Santo Antônio de Pádua, além de dois helicópteros.
Por medida de segurança, as escolas localizadas nos bairros Lagomar, Engenho da Praia, Malvinas e Nova Holanda não estarão funcionando no período da manhã desta quarta-feira (10). As escolas da rede municipal estão no período de férias e o início do ano letivo 2018 será dia 5 de fevereiro. Durante o período de recesso escolar. A Secretaria das escolas funciona somente com atendimento para matrícula.
Os coletivos voltaram a funcionar por volta das 5h desta quarta-feira com algumas alterações nas rotas. A empresa SIT, responsável pelo transporte público em Macaé, informou que chegou a recolher a frota de ônibus na terça-feira por questões de segurança.
Segundo a Prefeitura, moradores das Malvinas e do Botafogo têm que embarcar em frente a Fábrica Lynce; do Lagomar, no Terminal Lagomar. Já os moradores da Nova Holanda e da Fronteira deverão se encaminhar para o Estádio Claudio Moacyr (Moacyrzão).
A onda de violência começou depois que cerca de 100 policiais militares fizeram uma operação contra criminosos ligados ao tráfico de drogas no Lagomar, no Centro e no bairro Aroeira.
O cabo José Renê Araújo Barros, de 35 anos, lotado no batalhão da PM de Macaé, morreu ao ser atingido na cabeça em uma troca de tiros na manhã de terça-feira.
A família do policial foi até Macaé para acompanhar a liberação do corpo. O enterro será, nesta quarta-feira (10) em Itaperuna, cidade natal do PM baleado.
O Disque Denúncia divulgou um cartaz oferecendo R$ 5 mil de recompensa para quem tiver informações que ajudem a esclarecer a morte do policial.
Atendimento para matrículas foi suspenso
Por meio de nota, a Prefeitura informou que as escolas localizadas nos bairros Lagomar, Engenho da Praia, Malvinas e Nova Holanda, não estarão abertas para as realizações de matrículas na manhã desta quarta-feira. A medida é preventiva e foi tomada por segurança.
As escolas da rede municipal estão no período de férias e o início do ano letivo 2018 será dia 5 de fevereiro.
Fonte: G1



Nenhum comentário

Obrigado por sua visita e comentário;a interatividade nos estimula cada vez mais a trabalhar neste projeto